Prioridade não é plural

Prioridade vem do latim “prior”, antes. Pela lógica, não deveria existir um plural pra essa palavra (prioridades), já que sempre algo vem antes. Sun-Tzu, em “A Arte da Guerra”, diz:

“Uma vez disperso e tentando defender-se em todos os lados, em todos os pontos fraqueja, sendo num desses pontos devidamente decidido que muitos baterão poucos.”

A título de curiosidade, busquei a definição da palavra:

1a (1) a qualidade ou estado de ser superior; (2) precedência em data ou posição.
1b (1) superioridade em rank, posição, ou privilégio; (2) precedência legal no exercício de direitos.
2: avaliação preferencial; especialmente, uma que aloca direitos a bens e serviços com estoque limitado.
3: algo a que se dá ou que se faz merecer atenção antes das alternativas concorrentes.
— Merriam-Webster, em livre tradução

Eu tenho ficado cada vez mais fascinado com a incapacidade humana de definir UMA prioridade, especialmente com a velocidade das informações. Acho que antes, quando existia menos informação disponível, nossa atenção era mais dedicada. A gente conseguia dedicar mais tempo na prioridade. Veja um diálogo (resumido) recente que eu tive com um colega:

(Carreira)
Q1: Eu quero ser promovido
R: Trabalhe mais

(Familia)
Q2: Mas não quero sair mais tarde
R: Chegue mais cedo

(Fitness)
Q3: Mas não quero parar a academia
R: Pule o almoço

(Saúde)
Q4: Mas não posso não comer
R: Traga de casa

(Tempo Livre)
Q5: Mas não quero cozinhar de noite
R: Mande entregar

(Dinheiro)
Q6: Mas não quero gastar muito
R: Escolha um lugar barato

(Prazeres)
Q7: Mas quero comer coisas gostosas
R: Não dá pra ter tudo. Você tem que decidir qual é a sua prioridade.

Q8: Todas elas são.
R: Sua prioridade tem que ser decidir sua prioridade.

Claro, é um exemplo simples. Mas ilustra bem conversas que tenho tido com algumas pessoas. Eu consigo entender quando alguém diz ter várias prioridades. Se não são conflitantes – em interesses, resultados, e tempo – não vejo problemas (se são, já está errado de largada). Mas eu não consigo entender quando a pessoa não consegue dizer qual delas é prioridade.

Conflitos de Interesse:
viajar vs ficar em casa
sair pra jantar vs assistir ao futebol
novos projetos vs demandas urgentes

Conflitos de Resultados:
beber álcool vs emagrecer
descansar vs agenda lotada
economizar vs trocar móveis

Conflitos de Tempo:
fazer hora extra vs jantar com a familia
dormir mais vs correr de manhã

Muitos dos conflitos são de mais de um gênero. Só mais uma razão pra eleger UMA prioridade. Pode ser que você consiga fazer hora extra E jantar com a família, sem conflitos; mas e quando tiver que escolher?

pasted-image

O que fazer:

1. Defina as Prioridades
Liste todas as atividades do mês, veja quais três vão entregar mais valor combinadas (sem que haja conflitos entre elas) e priorize-as. É a regra de Pareto – 80% do resultado vem de 20% das atividades.

2. Bloqueie seu Tempo
Se você tem uma agenda compartilhada – com esposa, empresa, colegas etc – trave os espaços para suas prioridades. De outra maneira, vão decidir por você o que deve ser feito nos horários.

3. Crie “Espaços Brancos”
Não preencha todas as horas do seu dia com atividades – até porque a maioria delas não traz valor relevante (ver item 1) – nem planeje gastar toda sua energia. Ao invés disso, crie “espaços brancos”, gorduras de tempo e energia e outros recursos antes de iniciar a atividade prioritária, e depois dela, pra garantir que você terá tempo suficiente pra começar e terminar na hora, com segurança.

4. Mantenha o Foco
Enquanto estiver na atividade, dê foco total. Aproveite o espaço branco (2) que você separou pra garantir que você não vai perder o foco – feche a sala, coloque fones de ouvido, desligue o celular, feche o facebook, elimine as distrações antes de começar a atividade. Ajude-se a manter o foco. E, enquanto estiver na atividade, mantenha o foco; faça o que deve ser feito, e nada mais.


IDEA IN BRIEF

1. Perceba que você pode fazer qualquer coisa, mas você não pode fazer todas as coisas.
2. Liste as atividades e priorize as três que mais entregam valor combinado (sem conflitos entre elas)
3. Trabalhe ativamente para conseguir dar foco nessas atividades, quando forem executadas

10 respostas para “Prioridade não é plural”

  1. EXTREMAMENTE didático, igualmente esclarecedor. Post muito bem construído, diga-se de passagem. Com “diversas” prioridades, é muito mais fácil fazer com que a motivação pra fazer acontecer e a disciplina se dispersem também com maior facilidade. Estabelecer objetivos e priorizá-los é essencial para fazer com que as coisas aconteçam, do contrário tudo fica pela metade.

    Muito bom, cara! 🙂

  2. Boa pergunta! O ponto é ter clareza do que realmente importa e eliminar o estresse que vem com tomadas de decisão (especialmente quando a decisão é por deixar de fazer alguma coisa). Facilita as contas de trade-off. Quando chegar num ponto de “ou isso, ou aquilo”, ter uma prioridade elimina todo o trabalho de prós e contras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *