Friday Share #4

Mais uma semana de Friday Share saindo no sábado, de novo, por questões de prioridade. Mas boas novas. há um post já salvo no meu draft, pra sair amanhã! Estou apenas testando novas funcionalidades nele. Domingo é dia de post longo! Aguardem!


ARTIGO
NOVE DICAS CIENTÍFICAS DE COMO TER AS MELHORES FÉRIAS DA HISTÓRIA
de Laura Vanderkam, em FastCompany

Férias são sensacionais por si só. Mas como pesquisadores e psicólogos descobrem mais e mais sobre como o cérebro funciona, ganhamos conhecimentos interessantes sobre como exatamente aumentar a satisfação – e porque deveríamos. Lá vão nove estratégias para maximizar o prazer das seus preciosos dias de férias, e retornar ao trabalho sem precisar de férias das férias.

Eis a lista, em português:
1. Planejar pode ser a melhor parte
2. Prefira quantidade em vez de “uma-vez-na-vida”
3. Faça coisas novas
4. Preencha seus dias com coisas divertidas
5. Terceirize as partes não-divertidas
6. Controle seu trabalho
7. Termine com a melhor parte
8. Gerencie a transição
9. Construa sua história
http://www.fastcompany.com/3048975/hit-the-ground-running/the-scientifically-proven-way-to-have-the-best-vacation-ever


ARTIGO
NOVE DICAS PARA NAVEGAR NO SEU PRIMEIRO EVENTO DE NETWORKING
de Laura Katen, em TheMuse

Networking pode ser traduzido como gestão da rede de contatos profissionais – ou seja, é muito mais do que apenas aparecer em público (eventos ou em mídias sociais). Segundo o site BusinessDictionary.com, networking é “um grupo de conhecidos e associados que se mantém ativos através de comunicação regular para benefícios mútuos”. Isso existe desde sempre, claro, mas com a internet e as mídias sociais isso ficou mais fácil – e mais impessoal. Por isso, existem eventos de networking, onde profissionais se encontram para se conhecer pessoalmente, aumentar suas redes de contatos, e assistir a palestras coletivamente relevantes. Para navegar melhor em um desses eventos, o site TheMuse lista nove dicas para que você aproveite ao máximo um desses eventos.

Segue a lista, em português:
ANTES DO EVENTO
1. Tenha um objetivo
2. Vista-se para impressionar
3. Leve cartões de visita

DURANTE O EVENTO
4. Introduza pessoas umas às outras
5. Ouça primeiro, fale depois
6. Mostre sinceridade e interesse
7. Vá direto ao ponto
8. Faça anotações

DEPOIS DO EVENTO
9. Faça follow-up (ie, dê sequência às conversas)

https://www.themuse.com/advice/9-tips-for-navigating-your-first-networking-event


ARTIGO
SETE MANEIRAS PARA UM INTROVERTIDO TORNAR-SE UM MESTRE SOCIÁVEL
de Jacqueline Whitmore, em Entrepreneur.com

Ok, então fazer networking é importante, e agora você já tem uma boa ideia de como fazer isso nos eventos, certo? Parece fácil, se você for uma dessas pessoas extremamente sociáveis e extrovertidas, que adora estar na presença dos outros e no centro das atenções; e uma pessoa introvertida? Está fadada ao fracasso nesses eventos? Não necessariamente. Eis um passo-a-passo de como, com tempo e prática, um introvertido pode maximizar seu retorno de um evento de networking.

Eis a lista, em português:
1. Saia da zona de conforto
2. Escolha qualidade em vez de quantidade
3. Faça networking antes de você precisar fazer
4. Preste atenção na sua linguagem corporal
5. Treine lembrar nomes
6. Mantenha tudo simples
7. Divirta-se

http://www.entrepreneur.com/article/248847


ARTIGO
A CIÊNCIA DE COMO SAIR DA SUA ZONA DE CONFORTO (E PORQUE VOCÊ DEVERIA)
de Alan Henry, em LifeHacker.com

Esse parece ser um conselho recorrente, mas duas coisas sempre escapam: a primeira é, o que é a zona de conforto? De uma maneira simples, a zona de conforto é um espaço comportamental, no qual suas atividades e comportamentos se encaixam em um padrão e uma rotina, de maneira a minimizar o risco e o estresse. Isso te coloca em um espaço de segurança mental e psicológica, e você se beneficia de tranquilidade, felicidade, e controle de estresse. Parece uma coisa boa, não? Na verdade, não é nem boa nem ruim. É natural. E todos temos. Mas ficar somente nessa zona impede que consigamos outras coisas, como novos conhecimentos, novas experiências, novas amizades etc. O que nos remete à segunda coisa: como sair da zona de conforto? Alan Henry dá algumas dicas de como fazer isso.

Eis a lista (não exaustiva), em português:
1. Faça coisas corriqueiras de maneira diferente
2. Leve o tempo que precisar para tomar suas decisões
3. Confie em você mesmo e tome decisões sem pensar
4. Aprenda uma língua estrangeira diferente
5. Faça essas (e outras) coisas um passo de cada vez

http://lifehacker.com/the-science-of-breaking-out-of-your-comfort-zone-and-w-656426705


VIDEO
O PODER DOS INTROVERTIDOS
de Susan Cain, em TED.com

Em uma cultura que parece valorizar ser sociável e extrovertido acima de tudo, pode parecer difícil, quase vergonhoso, ser um introvertido. Mas os introvertidos trazem talentos e habilidades fantásticas para o mundo, e deveriam ser encorajados e celebrados.

http://www.ted.com/talks/susan_cain_the_power_of_introverts?language=pt-br (em Inglês, com legenda em Português)

2 respostas para “Friday Share #4”

  1. Fala brow! Curti a brincadeira. Tenho recentemente reconhecido é exercitado o networking profissionalmente. E você colocou ótimas referências não só de networking também de relacionamento pessoal e como se comunicar com eficaz. Este guia, bastante objetivo vai ajudar muita gente com certeza. Uma pequena contribuição: quando for perguntar o nome de alguém, ouça atentamente e durante a conversa repita o nome da pessoa pelo menos 3 vezes em voz alta para a pessoa (Joaquim, legal sua ideia….Joaquim seja bem vindo….Joaquim muito interessante seu ponto de vista) fazendo isso, vc aumenta muito a chance de guardar o nome da pessoa. 🙂

  2. Gostei, Fernando! Você dá ótimas dicas e eu gostaria que o Lupe as lesse; mas ele nem ao menos lê mensagens de e-mails ou participa do face book! Beijos e parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *