Educação 

​Mais uma vez, uma médica joga na cara dos pacientes os 30 anos de experiência dela (esse é algum número mágico?) pra prestar um serviço de baixa qualidade.

Em 30 anos de vida eu aprendi a ser educado, e saí da sala antes de responder. Talvez seja hora de tanto ela quanto eu desaprendermos algumas coisas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *