Coaching

Quem olha pra fora, sonha; quem olha pra dentro, desperta. (Carl Jung)


Esse termo, coach, tem sido muito usado ultimamente. Parece a nova onda a auto-ajuda, quando qualquer pessoa escrevia um livro sobre como comer menos chocolate ou se posicionar melhor em uma reunião.

Talvez seja, mesmo. A grande diferença é o trabalho individual, personalizado, assistido e direcionado à sua realidade. É uma ajuda, um direcionador; uma perspectiva externa de quem já esteve nos seus sapatos, que consegue enxergar coisas que você sozinho não consegue.

Um amigo querido pode ser um coach. Um familiar. Um chefe ou colega. Toda ajuda desses fronts é bem-vinda e essencial, mas não é neutra. Esse é o grande diferencial de um coach – ele vai te trazer uma perspectiva isenta, sem pré-conceitos e sem vieses que podem turvar o entendimento.


 

 

Metodologia     |     Como Posso Ajudar